Lei de Cotas

por adm — publicado 05/08/2015 09h58, última modificação 05/08/2015 09h58
Instituições federais destinaram mais de 37% das vagas para cotistas.

A Lei de Cotas garante a reserva de vagas em todas as universidades e institutos federais do País a estudantes que cursaram Ensino Médio em escolas públicas. Já neste segundo processo do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) de 2015, as instituições destinaram pelo menos 37,5% de suas vagas para as cotas, e a previsão é de que esse percentual suba para 50% até 2016. Esses foram alguns dos números discutidos na reunião de acompanhamento da Lei de Cotas, realizada no Ministério da Educação.

O encontro foi promovido pela comissão consultiva da sociedade civil sobre a política de reserva de vagas nas instituições federais de Educação Superior, criada para contribuir com a Lei nº 12.171 e elaborar propostas de ações que promovam a concretização das reservas.

Um ano após a entrada em vigor da lei, em 29 de agosto de 2012, 32% das vagas já foram ocupadas por cotistas nas universidades federais, número ainda maior nos institutos de ciência e tecnologia, que reservaram 44,2% das vagas a estudantes oriundos da rede pública.

Fonte: Portal Brasil - http://www.brasil.gov.br